Home / Sem categoria / BB/Vitória da Conquista expõe os funcionários ao risco de explosão

BB/Vitória da Conquista expõe os funcionários ao risco de explosão

A tragédia da barragem da Vale, em Brumadinho, em Minas Gerais, demonstrou para o mundo o que o movimento sindical já denuncia há décadas: o descaso de grandes empresas tem posto em risco a vida de seus funcionários e pode gerar acidentes de grandes proporções.
Em Vitória da Conquista, os bancários e demais funcionários da agência BB/0188 estão expostos diariamente ao perigo, pois o banco insiste em descumprir as determinações da Norma Regulamentadora nº 20, que dispõe sobre a segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combustíveis.
A NR 20 prevê que os tanques para armazenamento de líquidos inflamáveis somente poderão ser instalados no interior dos edifícios sob a forma de tanque enterrado. Contudo, esta unidade do Banco do Brasil mantém o reservatório de diesel do gerador acomodado de forma incorreta.
A fim de pressionar o banco a se enquadrar na norma e evitar a exposição dos trabalhadores, o Sindicato dos Bancários de Vitória de Conquista e Região ingressou com uma ação, em 2017, pleiteando adicional de periculosidade para todos os bancários lotados na agência.
Caso a ação seja julgada procedente na Justiça do Trabalho, o BB será obrigado a pagar o valor retroativo a cinco anos. O processo está concluso, aguardando a sentença do juiz.
“O adicional de periculosidade é apenas uma reparação financeira pelo descumprimento da norma por parte do Banco do Brasil. A preocupação do SEEB/VCR continua sendo a segurança dos bancários, demais funcionários e clientes da agência. Dessa forma, esperamos que a partir da condenação o banco faça as devidas adequações e cumpra à risca a NR 20”, afirma Sarah Sodré, diretora de Assuntos Jurídicos.

Comentários

Veja Mais!

“Quem mais se beneficia com a dívida são os bancos”

Conversamos com a auditora Fiscal aposentada da Receita Federal e coordenadora nacional da ONG Auditoria …