Home / Realidade Bancária / CASSI / Cassi: SEEB/VCR promove reuniões com trabalhadores do BB

Cassi: SEEB/VCR promove reuniões com trabalhadores do BB

O objetivo é esclarecer sobre as consequências da aprovação da proposta do Conselho Deliberativo.

Entre os dias 18 e 28 de novembro a Cassi vai realizar uma votação junto ao corpo social, para analisar a proposta do Conselho Deliberativo para a Caixa de Assistência. Os principais pontos que o banco tenta aprovar são: a quebra da proporcionalidade contributiva, onerando ainda mais o beneficiário, e a quebra da paridade administrativa e gerencial, que dará mais poder ao banco, seguindo a lógica de contribuir menos e ter maior poder de decisão.

Além disso, a proposta também integra a liquidação antecipada das obrigações do BB com o GDI (Grupo de Dependentes Indiretos), pois os recursos serão utilizados para cobrir as reservas e as margens de solvência exigidas pela ANS. Logo, as bancárias e bancários não poderão dispor desses recursos para pagar o déficit mensal do grupo.

Diante deste cenário, o Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região iniciou ontem (12), um ciclo de reuniões nas agências da base para informar a categoria sobre o que está em jogo e promover o debate para compreender qual o melhor projeto para a Cassi.

“A proposta do banco não apresenta clareza nos cálculos atuariais e não garante a cobertura do plano por um longo período, logo, teremos que negociar e abrir mão de mais direitos. Mais uma vez, o BB tenta se desresponsabilizar com nossa saúde, jogando a conta para os trabalhadores. É importante que todos os funcionários tenham acesso às informações e consequências da aprovação do pleito, uma vez que estamos promovendo essas reuniões para esclarecer a categoria, de forma autônoma e independente, sem nenhuma vinculação com entidades patronais, priorizando apenas o interesse dos colegas do BB”, afirma a vice-presidente do SEEB/VCR, Larissa Couto.

 

Sindicato inicia ação coletiva

São muitas as medidas de ataque aos trabalhadores. Em resposta à postura da gestão do Banco do Brasil, o SEEB/VCR iniciou no último dia 5, uma ação civil coletiva que denuncia o descumprimento da CLT ao impor transferências compulsórias para suas funcionárias e funcionários. Todos que estão sendo coagidos a esse processo, dentro do Programa de Adequação de Quadros (PAQ), serão beneficiários dessa ação.

Até o momento foram indicadas transferências compulsórias em seis agências da base territorial do Sindicato. A ação impetrada pelo advogado conveniado Bruno Amazonas está aguardando a liminar e tem audiência prevista para o dia 28 de novembro.

Comentários

Veja Mais!

Instalada comissão que analisará a MP que ataca direitos dos trabalhadores.

Em audiência na Comissão do Trabalho, oposição defende que a proposta seja devolvida porque é …