Home / Economia (página 2)

Economia

Fim do abono salarial não impede saque do Fundo PIS/PASEP. Entenda

Bolsonaro planeja acabar com o abono salarial para pagar R$ 300 aos beneficiários do Bolsa Família. Medida não impede que sejam feitos os saques do Fundo PIS/PASEP, cujo prazo termina em 2025. Muitos trabalhadores e trabalhadoras querem saber como ficarão os saques do PIS/PASEP se o governo de Jair Bolsonaro (ex-PSL) realmente acabar com abono salarial anual, como o presidente disse na semana passada que faria, com a desculpa de usar o dinheiro para aumentar o valor pago aos beneficiários do Bolsa Família. Para tirar as dúvidas sobre o abono salarial, o Portal CUT ouviu o economista Clovis Scherer, do Departamento …

Leia Mais »

Salários em baixa e inflação em alta derrubam poder de compra dos trabalhadores

Com reajuste menores do que os índices da inflação, trabalhadores e trabalhadoras amargam queda de rendimentos enquanto enfrentam os maiores preços dos últimos 25 anos Enquanto a inflação dispara – em maio, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial, registrou a maior alta em 25 anos -, os salários encolhem e reduzem drasticamente o poder de compra dos trabalhadores e trabalhadoras, revela dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), e do Salariômetro, da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). De acordo com o estudo, publicado pela Folha de S. Paulo, pelo quarto mês seguido, mais …

Leia Mais »

Brasil cai para 13º no ranking das maiores economias do mundo

O Brasil caiu de 12º para 13º no ranking da Austin Rating de maiores economias do mundo, informa o site Poder360. O Brasil já esteve entre as 10 maiores economias do mundo neste mesmo ranking, ocupando o 9º lugar. Caiu para 12º após o tombo de 4,1% do PIB em 2020. O PIB nominal do Brasil é de US$ 1,5 trilhão, segundo a agência de classificação risco. O da Austrália equivale a US$ 1,6 trilhão. O maior é dos Estados Unidos, com US$ 22,7 trilhões. China é a 2ª, com US$ 16,4 trilhões. De acordo com a Austin Rating, o …

Leia Mais »

Valor do salário mínimo deveria ser 4,8 vezes maior que o vigente se a Constituição valesse

Com base na cesta mais cara que, em maio, foi a de Porto Alegre, o Dieese estima que o salário mínimo necessário deveria ser equivalente a R$ 5.351,11, valor que corresponde a 4,86 vezes o piso nacional vigente, de R$ 1.100,00. O cálculo é feito levando em consideração a satisfação das necessidades básicas de uma família de quatro pessoas, com dois adultos e duas crianças. Em abril, o valor do mínimo necessário deveria ter sido de R$ 5.330,69, ou 4,85 vezes o piso em vigor. Para quem ganha o mínimo, tais valores podem parecer exorbitantes, mas corresponde na verdade ao …

Leia Mais »

Esvaziamento dos fundos de pensão é um negócio apetitoso

Governo Bolsonaro tem planos para bancos privados passem a administrar investimentos de R$ 1 trilhão Um negócio que rende R$ 12,5 bilhões ao ano despertou o desejo do ministro da Economia, Paulo Guedes. É o quanto renderia a quantia de R$ 1 trilhão acumulado pelos 290 fundos de pensão fechados. Para tanto, é necessário que esses fundos, patrocinados por empresas privadas, estatais e órgãos públicos para seus empregados, sejam esvaziados. A operação que está em curso é denunciada no artigo de Marcel Barros é vice-presidente da Associação Nacional dos Participantes de Previdência Complementar e de Autogestão em Saúde (Anapar), e …

Leia Mais »

Ao contrário do Brasil, países que combateram a pandemia recuperaram a economia

País perdeu sete posições no ranking mundial que mede a variação do Produto Interno Bruto (PIB). Para economista, Marcio Pochmann, recuperação de apenas 1,2%, embora positiva, pode ser ‘fogo de palha’ O crescimento de 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no primeiro trimestre de 2021, tão comemorado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, é quase nada em comparação com outros países cujos governos combateram a pandemia do coronavírus (Covid-19), com lockdown para impedir a disseminação do vírus e vacinas contra a doença. E o resultado negativo está comprovado no ranking mundial da Austin Rating, divulgado dia 1º deste mês: o Brasil perdeu …

Leia Mais »

Enquanto mínimo fica abaixo da inflação, Bolsonaro reajusta seu salário em R$ 2 mil

Salário mínimo fica abaixo da inflação. Já Bolsonaro manobra e consegue reajustar seu próprio salário em 6,5%. Ministros militares são “agraciados” com até R$ 27 mil de aumento – 69% a mais Depois de muito debate e divergência com o Ministério da Economia, a Câmara dos Deputados, mais uma vez, se curvou às vontades do governo de Jair Bolsonaro (ex-PSL) e aprovou essa semana a medida provisória que reajustou o salário mínimo de R$ 1.045, em 2020, para R$ 1.100 em 2021. Demoraram cinco meses para aprovar um valor R$ 2 menor do que a inflação. Enquanto reajusta o mínimo …

Leia Mais »

Desemprego é de 14,7% e atinge 14,8 milhões, maior número desde 2012

A taxa média de desemprego no Brasil foi de 14,7% no primeiro trimestre do ano, uma alta de 0,8 ponto percentual na comparação com o último trimestre de 2020 (13,9%). Isso corresponde a mais 880 mil pessoas desocupadas, totalizando 14,8 milhões na fila em busca de um trabalho no país. Essas são a maior taxa e o maior contingente de desocupados de todos os trimestres da série histórica do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), iniciada em 2012. Os dados foram divulgados hoje e fazem parte da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) . “Esse aumento da população …

Leia Mais »

Avanço da informalidade é obstáculo para o futuro da economia, alerta Dieese

No setor de serviços, uma em cada cinco vagas sem carteira assinada deixou de existir durante a pandemia Em função da pandemia, a renda do trabalho teve redução global de US$ 3,7 bilhões. A queda registrada no último ano e meio equivale a 4,4% do PIB mundial. Os dados foram lembrados na 109ª edição da Conferência Internacional do Trabalho, inaugurada na última quinta-feira (20). No Brasil, a situação é agravada por conta do aumento da informalidade. O setor de serviços, por exemplo, o mais atingido pela crise, registrou redução de 20% das vagas informais, segundo o Instituto Brasileiro de Economia …

Leia Mais »

BC divulga diretrizes para desenvolvimento de moeda digital brasileira

Texto aborda normas legais sobre prevenção à lavagem de dinheiro O Banco Central divulgou nesta segunda-feira (24) as diretrizes para o potencial desenvolvimento de uma moeda digital brasileira, com previsão de uso em pagamentos de varejo. De acordo com nota do BC, entre as diretrizes estão a ênfase na possibilidade de desenvolvimento de modelos inovadores a partir de evoluções tecnológicas, capacidade para realizar operações online e eventualmente operações offline. “É importante ressaltar que as diretrizes aqui apresentadas tratam do entendimento atual do BC em relação ao tema, a fim de direcionar a discussão no âmbito nacional. Dados o estágio e a dinâmica das discussões …

Leia Mais »