Home / Bancos / Comando realiza reunião para discutir defesa da categoria

Comando realiza reunião para discutir defesa da categoria

Mais uma vez o governo ataca os trabalhadores, incluindo os bancários. O Presidente Jair Bolsonaro assinou na última segunda-feira (11/11) a Medida Provisória 905/2019, que permite a abertura das agências bancárias aos sábados e altera a jornada de trabalho da categoria.

Por isso, está acontecendo hoje (14), no Rio de Janeiro, a reunião entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), os representantes dos empregados irão defender a CCT e as conquistas da categoria. Está em negociação a adesão dos bancos à jornada de 44horas.

A FEEB repudia essa MP e é contrária a qualquer tentativa de retirada de direitos. Além de representar um retrocesso e ataque aos trabalhadores do Brasil, traz prejuízos irreparáveis aos trabalhadores. Bolsonaro está cumprindo sua promessa de favorecer os empresários, reduzindo os custos das empresas e penalizando o lado mais frágil, o trabalhador.

“Embora a pauta seja CCT de Relações Sindicais, vou propor o debate sobre a MP 905/2019. Esse deve ser o momento de unidade. Os bancários e bancárias devem fortalecer o seu sindicato. É preciso aumentar nossa capacidade de resistência para derrotarmos os inimigos dos trabalhadores”, afirmou o presidente da FEEB, Hermelino Neto.

 

Fonte: FEEB/BA-SE com informações do SEEB/VCR.

 

Comentários

Veja Mais!

Instalada comissão que analisará a MP que ataca direitos dos trabalhadores.

Em audiência na Comissão do Trabalho, oposição defende que a proposta seja devolvida porque é …