Home / O Piquete Bancário / Editorial / Forró é resistência

Forró é resistência

Por Alex Leite, diretor do SEEB/VCR.

Fazer parte da cultura de uma nação, representando mais que o modo de vida de uma região e demonstrando a força de um povo que resiste em abnegar dos seus costumes e da sua história de luta, sua sobrevivência e alegria. É com este comprometimento que o Sindicato dos Bancários de Conquista e Região se mobiliza para realizar uma das mais tradicionais festividades de integração e lazer para seus filiados, dependentes e convidados.

A festa, que completa agora sua 32º edição, mantém o compromisso de preservar as tradições das festas juninas, mas sem perder de vista as mudanças da sociedade durante todos estes anos de confraternização.

Sem dissociar da luta diária contra os ataques cada vez mais intensos à classe trabalhadora – sacrificada pela reforma trabalhista, pelos altos índices de desemprego e de retirada de direitos -, é que buscamos também nas atividades de lazer e integração a força e a unidade para atuar coletivamente nas lutas para enfrentar o risco da reforma da Previdência, do anúncio e da propaganda cada vez maior da venda das principais empresas estatais brasileiras, e da retirada dos direitos básicos para a sobrevivência das camadas mais necessitadas da população.

Esta semana, estaremos juntos fortalecendo as manifestações contra as medidas nefastas tomadas pelo governo na área da educação e unindo a classe trabalhadora por um país melhor. No sábado, dia 18, o compromisso é se divertir e dançar o melhor e mais tradicional forró de Conquista e região: o Forró dos Bancários.

Comentários

Veja Mais!

Edital – Assembleia Extraordinária

  No próximo dia 24, o Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região …