Home / Bahia / Bradesco desliga oito funcionários, sem pena

Bradesco desliga oito funcionários, sem pena

Sem respeito com quem gera os lucros, o Bradesco demitiu 8 funcionários em uma única agência. Contrariando ao que foi dito em reunião com o Sindicato, a empresa surpreendeu os trabalhadores da unidade Canela, em Salvador, com o desligamento. Justamente no momento em que o país passa por recessão econômica.

Não é só isso. As demissões ocorrem em um momento em que as agências já carecem de funcionários. E mesmo com um PDV (Programa de Demissão Voluntária) aberto, o Bradesco realiza os desligamentos na tentativa de enxugar o quadro de pessoal, com o argumento de se adaptar a nova era tecnológica. Porém, as máquinas não substituem o atendimento humano.

Outra reclamação dos bancários é o assédio moral. Para bater metas, os funcionários são pressionados a vender produtos do banco, porém de forma abusiva, que leva o adoecimento.

Em reunião com o Sindicato dos Bancários da Bahia, no dia 28 de agosto, o diretor regional do Bradesco, Geraldo Dias, argumentou que não haveria demissões, e que novas contratações estavam sendo realizadas. Porém, não é o que esta acontecendo.

Comentários

Veja Mais!

Maioria das mulheres negras, solteiras e mães vive com menos de R$ 415 na Bahia

Mulher, mãe, solteira e negra. É esse o perfil do grupo mais vulnerável dentre os …