Home / Coronavírus / Antes de sair, Pazuello deu ordem que culminou na falta de 2ª dose da vacina no país

Antes de sair, Pazuello deu ordem que culminou na falta de 2ª dose da vacina no país

Ex-ministro de Bolsonaro determinou que estados e municípios não estocassem imunizantes

O presidente Jair Bolsonaro dá posse ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no Palácio do Planalto.

Em 21 de março, a dois dias de sair do cargo de Ministro da Saúde, o general Eduardo Pazuello determinou aos municípios e estados que aplicassem todo o estoque de vacina, sem reserva para a segunda dose. O resultado é que a não há mais reserva para garantir a imunização completa dos que necessitam de mais uma aplicação.

Na época, Pazuello afirmava que “com a liberação para aplicação de imediato de todo o estoque de vacinas guardadas nas secretarias municipais, vamos conseguir dobrar a aplicação.”

Uma semana depois, o governo voltou atrás na decisão de Pazuello, mas era tarde demais. Nos últimos dias, oito capitais anunciaram que interromperam a aplicação da 2ª dose por falta de vacinas, são elas: Rio de Janeiro, Aracajú, Fortaleza, Macapá, Natal, Porto Alegre, Porto Velho e Teresina.

Em entrevista ao G1, comentando a falta de imunizantes, o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, não se constrangeu em colocar Pazuello como responsável, ao comentar a falta de vacinas. “Decorre da aplicação da segunda dose como primeira dose. Logo que houver entrega da CoronaVac, será solucionado.”

A recomendação dos especialistas é que estados e municípios reservem a 2ª dose para garantir a imunização dos que já receberam a primeira. No dia 26 de abri, Queiroga, em audiência do Senado, informou que a orientação já foi modificada e que o governo, agora, reconhece a orientação da ciência.

No Brasil, são usadas as vacinas CoronaVac, do Instituto Butantan, e Aztrazeneca, da Oxford e Fiocruz. Ambas, exigem a aplicação da segunda dose para garantir a imunização do paciente. A primeira, em 28 dias e a segunda em três meses.

Fonte: Brasil de Fato

Comentários

Veja Mais!

Câmara de Brumado aprova indicação de vacinação da categoria

No último dia (28), a Câmara de Vereadores de Brumado aprovou o requerimento pela inclusão …