Home / Banco do Brasil / Após acidente com elevador, Sindicato cobra do BB a troca do equipamento

Após acidente com elevador, Sindicato cobra do BB a troca do equipamento

Após receber denúncias de funcionários do Banco do Brasil do centro de Vitória da Conquista, sobre um acidente ocorrido no elevador da agência na terça-feira (25), o presidente do Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região, Leonardo Viana, foi averiguar a situação e se reunir com o gerente regional, Flávio Pedroso.

Flávio Pedroso, gerente regional do Banco do Brasil e Leonardo Viana, presidente do Sindicato VCR

Segundo relatos dos bancários que presenciaram a situação, o equipamento despencou com 5 pessoas lá dentro, 2 funcionários e 3 clientes. Durante a conversa entre o presidente e a categoria, eles alegaram que os problemas no funcionamento são recorrentes. O acontecimento atual só não foi pior devido à intervenção do funcionário da manutenção que acionou o freio de segurança e conseguiu evitar que o elevador descesse desgovernado até o poço do elevador. O equipamento já se encontra interditado.

Durante a conversa com o gerente regional do Banco do Brasil sobre como a situação coloca em risco a segurança de funcionários e clientes, o gerente enfatizou que já havia solicitado, via e-mail, aos setores do banco a intervenção para a resolução do problema. Além disso, o presidente do SEEB/VCR se prontificou a colaborar para que o problema seja resolvido o mais rápido possível.

O Sindicato irá atuar e colaborar para agilizar na resolução do problema, pois a falta do elevador prejudica clientes e funcionários que precisam subir as escadas dos quatro andares do prédio para trabalhar ou serem atendidos. Essa situação piora ainda mais para clientes com idade avançada ou com mobilidade reduzida. Leonardo Viana ressalta que: ”Após recebermos as denúncias de colegas acerca da situação do elevador, fomos até a regional fazer a cobrança sobre a troca do equipamento, pois mesmo com as sucessivas manutenções, ele continua apresentando problemas no seu funcionamento. Isso é inadmissível, ainda mais quando observamos duas situações acerca desse problema: A primeira, é que o mau funcionamento do elevador coloca em risco a vida de clientes e funcionários; a segunda, é que o BB foi o segundo banco mais lucrativo do país no ano passado, somando mais de 35 bilhões de reais. Portanto, é perfeitamente possível que o banco resolva com rapidez esse problema para evitar que pessoas sejam vitimadas com mais gravidade.”

Veja Mais!

Sindicato garante duas reintegrações no mesmo dia

Vitória! Na manhã desta segunda-feira (10), dois bancários, uma do Itaú e outro do Santander, …