Home / Caixa Econômica / CEF antecipa pagamento da PLR após solicitação da categoria

CEF antecipa pagamento da PLR após solicitação da categoria

O pagamento do crédito da Participação nos Lucros e Rendimentos e abono único das trabalhadoras e trabalhadores da Caixa Econômica Federal será realizado na próxima segunda-feira (14).

Na última quarta-feira (9), a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), encaminhou dois ofícios à Caixa Econômica Federal para encaminhamentos sobre pontos do Acordo Coletivo.

O primeiro documento solicitou a antecipação do pagamento da parcela da Participação nos Lucros e/ou Resultados (PLR) e do pagamento do Abono Único, no valor de dois mil reais, previsto na cláusula 61 do ACT da CEF. O pagamento estava previsto para o dia 30 de setembro, a solicitação de realizar o pagamento de forma antecipada teve como objetivo estimular a valorização da categoria por parte do banco.

A Campanha deste ano conquistou a regra básica e parcela adicional para a PLR, seguindo modelo da Fenaban, acrescida da PLR Social, que corresponde à distribuição de mais 4% do lucro da Caixa. Com a antecipação anunciada ontem (10), pelo banco, 50% do valor, que seria pago no dia 30 de setembro, conforme o acordo. Este ano a antecipação é sobre o realizado no primeiro semestre e não a projeção como de costume evitando surpresas.

Outra conquista da categoria nessa Campanha foi a extensão das mesmas possibilidades de serviços e de atendimento, bem como a participação no custeio. Diante disso, no segundo documento protocolado esta semana, a Contraf pediu agilidade por parte da gestão do banco no processamento de inclusões, dos empregados contratados após 31 de agosto de 2018, no Saúde Caixa. O requerimento foi feito para garantir a efetivação desse compromisso firmado.

O banco ainda não respondeu sobre este ponto.

“Importante essa decisão da CEF de responder positivamente a solicitação da categoria e antecipar o pagamento do abono e PLR. Esperamos agora uma resposta sobre a segunda solicitação, pois a inclusão dos novos funcionários da CEF no plano de saúde é algo fundamental, principalmente considerando o momento de pandemia que estamos enfrentando. Os sindicatos exigem celeridade por parte do banco quanto a isso. A inclusão de mais de dois mil novos funcionários garante a igualdade de direitos para essas(es) trabalhadoras(es) e também auxiliará a sustentabilidade financeira do plano”, destaca Sarah Sodré, diretora do SEEB/VCR

Comentários

Veja Mais!

Na Cassi, luta por redução da coparticipação

Entidades e sindicatos que representam os associados da Cassi cobram um posicionamento sobre os valores …