Home / Política / Compra de novela bíblica da Record por R$ 3,5 mi é questionada dentro da EBC

Compra de novela bíblica da Record por R$ 3,5 mi é questionada dentro da EBC

Enquanto paga pela exibição da novela bíblica “Os Dez Mandamentos”, Bolsonaro recusa aumento real para trabalhadores

A notícia de que a Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) adquiriu os direitos de transmissão da novela bíblica Os dez mandamentos, da TV Record, por R$ 3,5 milhões, foi mal recebida pelos trabalhadores da estatal.

“Um contrato estranho, sem qualquer licitação, simplesmente decidiram repassar esse dinheiro para a Record, que pertence a um dos principais aliados do presidente Jair Bolsonaro, que nós sabemos que vem interferindo na EBC com censura e controle de conteúdos. Todo esse contexto nos assusta e nos deixa indignados”, afirma Daniel Ito, jornalista da EBC e diretor do Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal.

O contrato entre EBC e Record começou a valer no último dia 15 de março e tem duração até setembro de 2022, às vésperas da eleição. Nesta segunda-feira (5), a estatal deve exibir o primeiro dos 242 episódios da novela, que deve ir ao ar de segunda-feira a sábado, no horário noturno.

Por ser uma novela com temática religiosa, a compra foi questionada. “Nos causou um grande estranhamento a compra, por se tratar de um produto cultural religioso, vinculado a uma religião. Mesmo que estejamos falando de uma empresa de comunicação pública, em um Estado que deveria ser laico e não privilegiar uma fé em detrimento de outras”, pondera Ito.

Os trabalhadores da EBC questionam, também, o momento da aquisição da novela da Record. Desde a eleição de 2018, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) promete que irá privatizar a empresa de comunicação do governo. Em discurso recente, o Ministro das Comunicações, Fábio Faria, genro de Silvio Santos, proprietário do SBT, lamentou o “prejuízo de R$ 550 milhões” da estatal.

O Acordo Coletivo de Trabalho 2021 dos trabalhadores da EBC foi judicializado, após a ausência do governo nas rodadas de negociação. A direção da estatal oferece reajuste zero e a categoria pede, ao menos, a reposição da inflação, sem ganho real.

Brasil de Fato entrou em contato com a EBC sobre a compra da novela da TV Record, mas não houve resposta até a publicação desta reportagem.

Fonte: Brasil de Fato

Comentários

Veja Mais!

Bolsonaro leva de volta ao Planalto amigo da família demitido por uso imoral de avião da FAB

José Vicente Santini havia sido demitido em janeiro do ano passado após usar jato para …