Home / Forró dos Bancários / “Preservar a cultura ajuda a manter as tradições”

“Preservar a cultura ajuda a manter as tradições”

Na semana em que acontece o Forró dos Bancários, entrevistamos o diretor de Esporte e Lazer, Carlos Alberto Gonçalves para falar sobre os eventos promovidos pelo Sindicato para a integração da categoria.

De que forma a cultura ajuda a organizar a classe trabalhadora, principalmente em momentos de acirramento da conjuntura como o que estamos vivenciando? Quando um invasor quer dominar um outro país, as duas primeiras coisas que eles tentam interferir e modificar são a língua nativa e a cultura popular. Esses são elementos fundamentais para que uma população se reconheça como sociedade, como uma nação. Sendo assim, preservar a cultura ajuda a manter as tradições para que os habitantes de uma região se reconheçam nas manifestações criadas e mantidas de forma espontânea. Estamos vivenciando um momento em que o sistema transforma tudo em mercadoria e as tradições só são mantidas quando se reproduzem em lucratividade para algum setor. Mais do que nunca, é fundamental que as pessoas resistam participando e construindo suas próprias vivências para contrapor a essa mercantilização da cultura popular que reduz qualquer manifestação a condição de mercadoria.

Qual o papel da diretoria de Esporte e Lazer e como tem sido tem incentivada a cultura e o esporte no SEEB/VCR? O papel desta diretoria é justamente incentivar a formação e a integração da categoria bancária, com seus familiares e toda a comunidade onde ela habita e constrói suas relações sociais. Por meio da organização e da promoção de atividades culturais e de lazer conseguimos propiciar aos associados do Sindicato, seus dependentes e seus convidados, momentos de descontração em que são fortalecidas as relações de amizade, de reconhecimento como classe trabalhadora e categoria bancária, que convive com as dificuldades da exploração enfrentada tanto nos bancos públicos quanto nos bancos privados. Nas práticas esportivas promovidas pelo SEEBVCR, os associados têm a possibilidade de praticar uma atividade saudável que mobiliza bancários e convidados de Vitória da Conquista, de toda a nossa base, além de associados de outros sindicatos da Bahia que aproveitam para confraternizar durante vários finais de semana durante o ano.

O que o São João representa para a cultura nordestina? O São Joao é a maior festa do Nordeste. Seja pela quantidade de grupos, bandas e cantores de forró, seja pelos valores monetários e da imensa movimentação econômica que hoje envolve os festejos juninos. Mas, a principal importância é a possibilidade de qualquer cidadão em qualquer lugar do país reunir os amigos e familiares para uma confraternização que celebra as boas colheitas dos produtos típicos deste período do ano, despertando as pessoas para a necessidade da união, da divisão dos alimentos e da solidariedade entre os seres humanos. Era comum, em um passado pouco distante, que as pessoas circulassem pelas ruas dos povoados e cidades com uma pergunta: “São João passou aí?”. E quase sempre elas eram convidadas a entrar nas residências e compartilhar as comidas, bebidas e músicas daquele local. Uma tradição que foi se perdendo com a escalada da violência e com o culto ao individualismo, mas que precisa ser resgatada como forma de socialização e de compreensão da necessidade do ser humano de viver coletivamente para evoluir.

Qual a importância do Sindicato construir a tradição do festejo junino junto à categoria? A importância fundamental é de reunir a categoria e seus convidados em uma atividade lúdica, tradicional do povo nordestino. Uma atividade que é revigorada a cada dia quando organizamos um evento de forma sensata respeitando suas origens, apresentando artistas que mantém um estilo com músicas e letras que respeitam a tradições, sem a necessidade de apelar para termos chulos, pejorativos, que não representam o verdadeiro contexto desta festa tão empolgante. Assim, convidamos todos os bancários, seus dependentes e a população para mais uma vez manter o nosso Forró como uma das melhores ocasiões para aproveitar o melhor do São João.

Comentários

Veja Mais!

Integração e cultura marcam o 32º Forró dos Bancários

Em um clima de diversão e confraternização, a 32ª edição do Forró dos Bancários marcou …