Home / Bancos / Reforço na Câmara contra as demissões nos bancos

Reforço na Câmara contra as demissões nos bancos

Durante a sessão remota da Câmara Federal, nesta terça-feira (03/11), o parlamentar afirmou que o setor bancário não tem do que reclamar e deveria colaborar mais no enfrentamento da pandemia. Almeida reforçou que nada justifica os desligamentos, principalmente porque os bancos continuam com lucros elevados. Nos primeiros nove meses do ano, o Santander obteve lucratividade de R$ 9,891 bilhões e o Bradesco, R$ 12,657 bilhões.

“No Santander houve 2.045 demissões e no Bradesco 1.224. Enquanto os bancos lucram, os trabalhadores estão perdendo os seus empregos, as agências estão sendo fechadas. No Santander 149 agências foram fechadas e no Bradesco 372. O Bradesco anuncia que fechará em torno de 1.100 agências”, alertou o deputado.

Daniel Almeida falou ainda da importância da mobilização dos trabalhadores do setor nas redes sociais, intervenções urbanas em prédios e locais públicos, atos e paralisações nas agências e diálogo junto aos clientes. Fez questão de destacar a atuação do Sindicato da Bahia e da Federação da Bahia e Sergipe nas atividades contra as demissões nos bancos.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia

Comentários

Veja Mais!

Programa Casa Verde e Amarela é aprovado no Senado sem modificações. Faixa 1 está extinta

Pelo programa anterior, o Minha Casa Minha Vida, 90% das moradias das famílias de menor …