Home / DestaquesApp / SEEB/VCR na luta pelo Fora Bolsonaro

SEEB/VCR na luta pelo Fora Bolsonaro

Em reunião geral realizada na última quinta-feira (29), a diretoria do Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região deliberou pelo fortalecimento da mobilização nacional pelo Foram Bolsonaro.

O assunto foi colocado como pauta do encontro tendo em vista o atual cenário econômico e político que está sendo enfrentado em nosso país e o que isso significa para nossa categoria. A política de Jair Bolsonaro e seus aliados têm cumprido um papel essencial para a destruição das empresas públicas enquanto patrimônio do povo.

O projeto deste governo para os bancos públicos tem sido fatiar para entregar pro setor privado, como foi feito na Caixa Econômica. Para piorar, os representantes deste governo na direção dos bancos têm sido responsáveis por orquestrar uma gestão de terror, com transferências compulsórias e cobranças de metas cada vez mais abusivas.

A retirada de direitos da classe trabalhadora é também um dos grandes retrocessos que Bolsonaro e seus aliados, que não medem esforços na tentativa de desarticular a Consolidação das Leis do Trabalho – CLT.

A realidade encarada pelas bancárias e bancários durante esta pandemia revelou uma necessidade urgente de denunciar a gestão de Jair Bolsonaro. Sem nenhum preparo dos espaços de trabalho, o serviço bancário foi colocado como essencial, tornando obrigatório o funcionamento enquanto dezenas de outros países estavam parando tudo diante da gravidade da crise sanitária naquele momento. Foi preciso muita luta da categoria para garantir condições seguras para o trabalho.

Quando falamos de vacinação, o descaso do governo com nossa categoria foi explícito. Mesmo cientes que bancárias e bancários estiveram atendendo a população durante todo esse período foram incapazes de incluir a categoria dentro dos grupos prioritários para vacinação. Para piorar negou os diversos pedidos e só um ano e meio após o início da pandemia em nosso país, que aceitou sentar-se para discutir a necessidade da vacinação deste grupo.

Quando essas questões específicas da categoria bancária se encontram com o crescente desemprego, a inflação descontrolada, o sucateamento do SUS em plena pandemia, a necessidade de se posicionar diante dessa realidade se torna uma necessidade.

Na reunião a diretoria do Sindicato destacou que o objetivo não é realizar campanha para nenhum candidato. A decisão de denunciar os retrocessos do governo Jair Bolsonaro é um compromisso com a defesa da categoria e a defesa do povo brasileiro.

“A mobilização pelo Fora Bolsonaro tem se tornado algo crescente no país, principalmente entre os trabalhadores, maiores vítimas das políticas deste governo. Por isso é muito importante que a diretoria geral do Sindicato se posicione acerca do assunto para que a defesa dos interesses das trabalhadoras e trabalhadores estejam na linha de frente da atividade sindical. Foi muito pertinente a decisão da diretoria em deixar claro que o Sindicato não vai apoiar nenhum candidato às eleições de 2022, no entanto, está se somando aos mais diversos setores da sociedade que se posicionaram pela luta em defesa da democracia, da vida e dos direitos dos trabalhadores”, aponta Leonardo Viana, presidente do SEEB/VCR.

Comentários

Veja Mais!

Oito mentiras e uma verdade contadas por Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU

Reportagem selecionou as principais informações falsas do pronunciamento do presidente brasileiro na manhã desta terça …