Home / Solidariedade / SEEB/VCR realiza doações para famílias do acampamento Terra Nobre

SEEB/VCR realiza doações para famílias do acampamento Terra Nobre

Quando morar é privilégio, ocupar se torna um direito!

Neste mês de julho o Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região iniciou uma campanha de solidariedade com arrecadação de alimentos, produtos de higiene e materiais de limpeza para serem doados para famílias em situação de vulnerabilidade. Para realizar a primeira doação desta campanha, na tarde desta quinta-feira (29), os diretores do Sindicato, Leonardo Viana e Paulo Barrocas estiveram no acampamento Terra Nobre para entregar os alimentos arrecadados pela categoria no dia da vacinação contra a Covid-19.

A escolha deste primeiro local de doação se deu a partir da articulação junto ao Fórum Sindical e Popular que tem auxiliado essas famílias desde que sofreram um ataque brutal da prefeitura. Na madrugada fria de São João, a gestão de Sheila Lemos em pleno feriado passou o trator nas casas de forma tão violenta que resultou até mesmo na morte de animais de estimação. Em uma das noites mais frias de nosso inverno, a prefeitura deixou essas pessoas desabrigadas.

O acampamento está organizado com mais de 300 famílias que ocuparam o terreno no bairro Parque Universitário por falta de alternativas. Segundo informações do coordenador, com a pandemia a situação das pessoas em vulnerabilidade em Vitória da Conquista está ainda mais difícil, sem emprego, pagar um aluguel está fora da realidade para essas pessoas que estão hoje vivem no Terra Nobre.

“Temos hoje aqui um grupo de pessoas que viviam nas periferias de Conquista e que perderam a capacidade econômica de garantir o mínimo para viver. Com essas famílias nessa situação, nada mais justo do que ocupar essa área pública para fazer esse espaço cumprir um papel social de possibilitar essas pessoas a terem a dignidade de ter onde morar e poder plantar para comer”, destaca Edinoaldo Dias, coordenador do movimento.

O PROBLEMA DA MORADIA EM VITÓRIA DA CONQUISTA

Enquanto a construção civil é um dos setores, que mesmo com crise, segue crescendo em nosso município, a contradição está embaixo dos nossos narizes todos os dias. É muita casa vazia e muita gente sem teto.

No primeiro mês da gestão Herzem Gusmão, ele foi responsável por passar o trator em cima da casa de dezenas de famílias que viviam na ocupação Cidade Bonita, no Nova Cidade. No mesmo período ele também deixou desabrigada mais um grande quantitativo de famílias que viviam Comunidade da Maravilhosinha, no bairro Zabelê, sob a justificativa de ser uma área de preservação. Aparentemente Sheila segue cumprindo o legado de uma gestão que ligou o trator da política higienista, logo nos seus primeiros dias.

Vale destacar que o problema de Sheila e Herzem e a ocupação de espaço público é só com pobre, porque terreno público virou moeda de troca para estas gestões.

“Contribuir com o fortalecimento de outros setores de luta da sociedade é uma das finalidades estatutárias do Sindicato. Por isso, estamos neste momento fazendo mais essa doação aos assentados do Acampamento Terra Nobre, que estão em busca de condições de moradia e trabalho dignos para sobreviver. Nesse cenário de crise, inflação e fome do nosso país, que atinge de maneira mais severa as pessoas mais pobres, se organizar para ajudar quem está precisando é também um ato de luta contra as desigualdades existentes no nosso país e que aumentaram a partir do governo Bolsonaro”, lembra Leonardo Viana, presidente do SEEB/VCR.

Comentários

Veja Mais!

Filhos de procurador homenageado não querem presença de Bolsonaro e Damares na inauguração da Comunidade de Atendimento Socioeducativo em Vitória da Conquista

No próximo dia 27 de agosto, será inaugurado em Vitória da Conquista, a Comunidade de Atendimento …