Home / Caixa Econômica / SEEB/VCR realiza reuniões em unidades da CEF de Conquista

SEEB/VCR realiza reuniões em unidades da CEF de Conquista

Nesta terça-feira (11), o Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região promoveu reuniões entre os bancários da Caixa e o diretor da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Emanoel Souza.
Os encontros tiveram como objetivo mobilizar os trabalhadores para o Dia Nacional de Luta, além de trazer mais informações para a categoria sobre a reestruturação, além de debater as condições de trabalho e o Saúde Caixa.
As reuniões aconteceram nas agências CEF/Vitória da Conquista e Superintendência, e na sede do SEEB/VCR.

Dia Nacional de Luta
Na próxima quinta-feira (13), os bancários da Caixa Econômica Federal de todo o Brasil estarão mobilizados no Dia Nacional de Luta contra o processo de reestruturação e desmembramento do banco.
Em Vitória da Conquista, os atos terão como objetivo conscientizar a população sobre a importância da Caixa como um banco 100% público, com a manutenção do seu caráter social de apoio e defesa dos interesses dos trabalhadores.
A unidade da Superintendência Regional de Conquista é uma das que devem ser desativadas com a reestruturação, tornando-se uma Superintendência Executiva de Varejo (SEV). O movimento sindical denuncia que esta mudança visa a privatização da Caixa, já que demonstra um avanço do banco para o modelo de mercado, direcionado para o aumento das vendas de produtos em seguros, cartões e outras áreas que o governo já anunciou que pretende vender.
Para a categoria o prejuízo é imediato, pois o volume de trabalho que era designado para a SR será redirecionado para as agências. Como o número de funcionários já é pequeno em relação a demanda, a reestruturação trará consigo acúmulo de tarefas, mais metas e o aumento da cobrança interna e externa. Além disso a reformulação acaba com funções, promove a mudança de atividades, pode gerar descomissionamentos sumários e até transferências compulsórias.
“Estamos vendo com muita preocupação a forma como o governo e a direção da Caixa vêm empurrando essa reestruturação, sem diálogo com os funcionários e o movimento sindical, já que consta no Acordo Coletivo a obrigação do diálogo para mudanças que causem impactos trabalhistas. Já estamos realizando atividades que visam a organização da categoria, esclarecendo a população e buscando apoio das forças políticas para barrar as consequências dessa reestruturação que causa prejuízos para os bancários e toda população”, afirma Paulo Barrocas, secretário Geral do SEEB/VCR.

Comentários

Veja Mais!

Contraf-CUT consegue liminar para barrar reestruturação da Caixa

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) conseguiu, nesta terça-feira (11) uma liminar …