Home / Campanha Nacional dos Bancários 2018 / Proposta dos banqueiros é insuficiente

Proposta dos banqueiros é insuficiente

Na sexta rodada de negociações com os representantes dos bancários de todo o Brasil, na última terça-feira (7), a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresentou uma contraproposta para cobrir apenas a inflação do período para os salários, PLR, vales e demais verbas econômicas. A reivindicação dos bancários, apresentada na pauta econômica, busca, além da reposição da inflação, um reajuste de 5%.

Além de não querer dar aumento real, os bancos já disseram que vão retirar a cláusula da CCT que possibilita o abono ou compensação dos dias parados de greve e não garantiram que os bancários não serão substituídos por trabalhadores contratados de forma precarizada. Foi proposto ainda o pagamento da primeira parcela do PLR para o mês de setembro.

Diante do resultado da reunião com a Fenaban, será realizada uma assembleia na sede do Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região nesta quarta-feira (8), às 17h30, em primeira convocação, e às 18h, em segunda convocação, para avaliação da contraproposta apresentada e para deliberação da participação da categoria no “Dia do Basta”, na próxima sexta-feira (10). “Recebemos uma proposta, no mínimo, incoerente com a realidade econômica dos bancos. Nós, bancários, devemos estar ainda mais mobilizados nesta Campanha, para termos condições reais de enfrentar os ataques patronais e dar um basta ao descaso com que foram tratadas as nossas reivindicações”, destaca Alex Leite, diretor de Imprensa e Comunicação do SEEB/VCR.

O Comando Nacional dos Bancários orienta que os trabalhadores de todo o país rejeitem a proposta e intesifiquem as mobilizações.

Propostas BB e BNB
Trabalhadores do BNB discutiram, na segunda-feira (6), durante a terceira rodada negociação específica, cláusulas referentes à saúde e condições de trabalho com a direção do banco. A expectativa é que, na próxima negociação, seja apresentada uma proposta aos representantes dos funcionários, em consonância com o que for apresentado pela Fenaban.
Na sexta rodada de negociação específica do Banco do Brasil, na terça-feira (7), o BB apresentou uma proposta de manutenção da maioria dos itens do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), pela vigência que for firmada na mesa única de negociação. O banco acompanhou a proposta de reajuste oferecida pela Fenaban.

Comentários

Veja Mais!

Comando Nacional dos Bancários prepara negociação desta sexta-feira

Dirigentes sindicais de todo o Brasil reuniram-se nesta quinta-feira (16), na sede da Confederação Nacional …